Friday, September 19, 2008


Talvez eu devesse ser fotógrafa, artista plástica, escritora ou talvez eu devesse andar mais a pé, comer mais barrinhas de cereais, menos junkie food. Talvez eu devesse aprender a preparar drinks,principalmente de frutas.

Talvez eu devesse achar algum tempo e fazer academia,talvez até body jump. Ou não.

Talvez eu devesse cortar o cabelo curtinho e fazer escova progressiva. Talvez pintar de alguma cor entre marrom e preto,mas que fique com reflexos claros.

Talvez eu devesse trocar a armação do óculos ou procurar o relógio que perdi há 3 meses.

Talvez eu devesse não comer chocolate em pó.

Talvez eu devesse me organizar e colocar o cel. para apitar no horário do anticoncepcional. Talvez eu devesse lavar a pele com sabonete neutro três vezes ao dia. Talvez eu devesse conversar com cada um que me peça esmola e parar de me atormentar em relação a dá-las ou não.

Talvez eu devesse parar de negar a minha sensação louca de pegar todos os cachorros na rua.

Talvez eu devesse parar de andar com marca-texto na bolsa, já que quando ele borra uma página me irrita muito.

Talvez eu devesse parar de pegar livros que eu nunca vou ler e me programar para o possível.

Talvez eu devesse comprar My Frist Year e ler logo para parar de fantasiar com o livro.

Talvez eu devesse largar a enésima faculdade para viver a toa com a minha mania louca de querer ser médica -e-nunca-mais-ter-nenhuma-incerteza.

Talvez eu devesse realmente levar a sério a auto-escola e tirar logo a minha carta (por um meio meritocrático,com muito orgulho.)

Talvez eu devesse ser mais corrupta.

Talvez eu devesse comer menos doces e fazer uma lipoaspiração. Ou talvez eu devesse usar o novo creme para rejuvescimento da Natura para mulher jovens que querem estar bonitas aos 50 anos.

Talvez eu devesse aprender a colocar lentes para não precisar ir sempre ao oftalmologista.

Ou talvez eu devesse recarregar todo meu Bilhete Único para não ter que colocar sempre crédito.

Talvez eu devesse andar mais de patins no Ibirapuera.

Ou talvez eu devesse ir mais visitar as pessoas no cemitério.

Talvez eu devesse escrever mais contos e crônicas e parar de me compelir a ler livros.

Talvez eu devesse assistir todas as peças de teatro que eu quero e comer todo dia, pelo menos, um docinho de chocolate.

Talvez eu devesse parar de tomar tanto achocolatado e não beber liquido durante as refeições.

Talvez eu devesse aprender a cortar a unha do pé e não ter medo de passar lápis no olho esquerdo.

Talvez eu devesse exigir mais e exigir que exigam menos. Talvez eu devesse furtar um bombom.

Talvez eu devesse comprar o livro de Direito Constitucional do Pedro Lenza e contar ao Dimitri que odeio o do Gilmar Mendes.

Talvez eu não deva contar nada a ele.

Talvez eu devesse comprar novos pijamas ao invés de novas roupas e uma pantufa mais confortável daquelas de bichinho que cobrem os pés inteiros.

Talvez eu devesse não atender o telefone com tanta frequência.

Talvez eu devesse ficar mais a toa no meio da tarde.

Talvez eu devesse tomar mais chocolate quente de máquina e menos chá de limão.

Talvez eu devesse comprar garrafinha portátil, aí poderia tomar, quem sabe, os malditos dois litros de água que precisamos tomar.

Talvez eu devesse experimentar aqueles DietShakes ou talvez devesse parar de comprar tantos clipes coloridos.

1 Comments:

Blogger Yuri said...

Você come chocolate em pó? Que tal colocar leite e tomar na colher... de 5 em 5ml! Juro, é mto bom.

Chá verde bom. Gilmar mendes mal. Clipes coloridos mais ou menos.

10:59 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home